5 dicas para aumentar a lista de emails de sua newsletter

Sammeln von E-Mail Adressen

Nesse artigo, vamos falar sobre um dos temas base em email e newsletter marketing: como fazer sua lista de emails para newsletter crescer de forma duradoura e legalmente segura.

Como aumentar sua lista de emails para o envio de newsletters, de forma sustentável e legal?

Siga essas 5 dicas de como aumentar a lista de emails de sua newsletter:

    1. Motivos para subscrição em newsletter do ponto de vista dos clientes
    2. Ideias para gerar endereços para sua lista de emails
    3. Dicas de como criar o melhor formulário de subscrição em newsletter
    4. Como diminuir a perda de endereços de email (descadastramentos)
    5. Comprar listas de email é recomendável?

1. Quais os reais motivos que levam um cliente a se subscrever para o recebimento de uma newsletter?

Um visitante de seu site subscrever-se para sua newsletter significa uma conquista. Demonstra confiança em sua marca e interesse em seus produtos, já que ele está disposto a compartilhar parte de seus dados pessoais com sua empresa. Se ele não tivesse interesse, não se registraria. Por outro lado, isso significa que o cliente já possui também certa expectativa sobre seus produtos e empresa. Veja a seguir os motivos mais comuns que levam as pessoas a se registrarem para receber uma newsletter.

Informações sobre novos produtos: seus clientes querem com frequência newsletters com informações sobre novos produtos.

Indicações de compras por newsletter: os emails com recomendações de compra também são bastante populares. Se um cliente, por exemplo, acabou de comprar uma câmera DSLR, é indicado informá-lo sobre produtos relacionados, como lentes para a câmera etc (upselling).

Newsletters com promoções : descontos são sempre bem-vindos e esperados. Por isso, recompense clientes novos e antigos com códigos de descontos individuais.

Novidades interessantes por newsletter: seja um novo design da loja online ou novos recursos e funcionalidades, mantenha o diálogo próximo com seus clientes. Mantenha-os informados através de sua newsletter.

Os clientes querem saber antecipadamente sobre novos produtos. Eles esperam ter por email um serviço de ponta, indicações de produtos e descontos.

 

2. Ideias para gerar endereços para sua lista de emails:

Tenha sempre em mente ao criar sua lista de emails para sua newsletter: o valor agregado para o cliente deve estar sempre em primeiro plano. Faça publicidade, mas cuidado para não ser ofensivo. Seja transparente. Deixe claro com qual frequência as newsletters são enviadas e que os clientes podem,a qualquer momento, cancelar a subscrição. 

Pop up no site: não são tão populares entre visitantes de site, mas os pop ups são uma alternativa com uma boa performance. Quando um visitante entra no site, uma janela pop up se abre, onde ele deve inserir seu email.

Newsletter Adressgenerierung

 

Link no footer: sempre adicione um formulário de subscrição no footer de seu site. Caso alguém tenha interesse em sua newsletter, pode registrar-se rápido e facilmente.

 

Recompensa pela subscrição na newsletter: crie incentivos para novas subscrições em sua newsletter, como por exemplo: códigos de descontos, como demonstrado a seguir. Descontos de 5 € já atraem uma quantidade considerável de novos emails para sua lista de contatos.

 

Exclusividade e escassez fictícia de ofertas: recompense os contatos de newsletter com cupons de descontos especiais e publique isso claramente na página de subscrição de sua newsletter. Isso aumenta a taxa de subscrição e a quantidade de contatos de email.

Newsletter Anmeldeformular

Subscrição em newsletter no blog: a maioria das empresas e lojas online possuem um blog onde costumam anunciar novidades sobre a empresas e produtos. Nesse caso, um widget de subscrição em newsletter no blog da empresa é bastante útil, principalmente porque visitantes de blogs geralmente estão em busca de informações. Se seu blog for bastante relevante, a probabilidade desse leitor se subscrever para a newsletter será grande.

 

O que considerar ao criar o formulário de subscrições para a newsletter:

Fácil e clara inserção de dados: não peça muitos dados em seu formulário de subscrição. Concentre-se no mais importante. Peça no máximo 3 tipos de dados diferentes, como por exemplo, email, gênero e nome. Quanto mais dados exigir, menor será sua taxa de subscrição. 

Transparência sobre o procedimento de descadastramento: explique já na página de subscrição da newsletter como é possível realizar o descadastro. Crie, assim, transparência e confiança, e aumente a taxa de subscrição de sua newsletter.

Frequência de envio: um statement do tipo “Nós enviamos 1-2 vezes por mês“ estabelece confiança. Sem correr o risco de receber uma newsletter por dia.

Link para um arquivo de newsletter: convença potenciais novos contatos de newsletter com um arquivo de newsletters já enviadas. Assim, os clientes podem avaliar, se o conteúdo lhe interessa. 

Convença com descontos ou uma troca atrativa: um famoso método para aumentar a taxa de subscrição da newsletter é a premiação do registrocom um desconto de 5 €. No caso de produtos ou empresas B2B, uma boa solução é oferecer o download grauito de um White Paper sobre assuntos interessantes. Ou seja, ao subscrever-se para uma newsleter gratuita, o cliente recebe um white pape gratuito por email. Com isso, você consegue facilmente aumentar sua lista de emails para contato de newsletter.

 

4. Por que um contato de descadastra de uma newsletter por email e como evitar a perda de emails:

Do ponto de vista de um Online Marketing Manager, somente um coisa é importante: obter tantos contatos de newsletter quanto possível. Com isso, às vezes acaba-se perdendo de vista os reais objetivos de uma newsletter. Na questão principal do marketing e do discurso deveria estar sempre o valor para o cliente. Quando clientes são abordados com emails sem clara importância e relevância, aumentam-se as chances desses clientes descadastrarem-se da newsletter. Online Marketing Managers têm que lidar com a questão de ter que enviar quantas campanhas de email forem possíveis, mas, por outro lado, sem cansar os clientes. A solução é o famoso lifecycle ou emails trigger. Esses emails somente são enviados de acordo com determinadas regras (eventos). Assim, a probabilidade de envio de emails indesejados ou “irritantes” acaba sendo bem menor. 

Em resumo: é importante elaborar um email marketing focado para não se cansar seus contatos e,sim,  realmente oferecer “informações e conteúdo valiosos”. Apenas assim é possível ter uma lista de contatos crescente e duradoura. 

 

 

5. Compra deendereços de email e dados de contatos:

Para crescer rapidamente, muitos consideram comprar emails de destinatários para poder para usar em suas newsletters. Assim, uma loja pequena, pode, por exemplo, obter rapidamente um grande número de potenciais compradores com uma newsletter de vendas.

Mas cuidado: duas questões devem ser avaliadas antes da compra de endereços de email e do envio de newsletters:

  1. Essa compra é legal? Fornecedores desonestos: na internet encontram-se com frequência ofertas de endereços de email em páginas duvidosas. Assim, não é assegurado que todos esses emails foram obtidos com a necessária confirmação double opt-in e nem com a aceitação para o repasse de dados a terceiros. 
  2. A compra de emails garante alguma vantagem econômica?
  • Listas usadas repetidamente: mesmo com listas de emails de fornecedores sérios, elas geralmente não são exclusivas. Isso repercurte de forma negativa nos emails comprados.

  • Nenhum relacionamento anterior com o cliente: sem nenhum pré-relacionamento com os clientes da lista de emails compradas, a taxa de aberturas acaba sendo ruim, já que esses contatos não necessariamente conhecem aempresa ou o produto.
  • Qualidade ruim das listas: mesmo quando barato e tentador, a qualidade dessas listas geralmente é muito ruim. Muitos dos emails não existem mais ou possuem caixas de entrada lotadas. No fim, uma lista de 1000 contatos acaba sendo rapidamente reduzida a algumas dezenas.

Em resumo: a compra de listas de emails, no geral, não é aconselhável. Mesmo com fornecedores atraem com preços chamativos, acaba não valendo a pena, pois a maioria das listas possuem uma qualidade ruim. Melhor basear-se em soluções mais eficazes, com programas de fidelização de clientes a longo prazo.

 

 

Über den Autor

Steffen Schebesta
Geschäftsführer von Newsletter2Go

War der Beitrag hilfreich?

Thank You!

Deixe uma resposta

Newsletter2go verwendet Cookies, um Ihnen den bestmöglichen Service zu gewährleisten. Wenn Sie auf der Seite weitersurfen stimmen Sie der Cookie-Nutzung zu. Ich stimme zu.